AS REUNIÕES DO AA

REUNIÕES ABERTAS: conselho_mulher.jpg

Como indicam as palavras, as reuniões desse tipo são abertas aos alcoólicos e suas famílias, bem como a qualquer pessoa que se interesse em solucionar seu problema com bebida alcoólica ou em ajudar outra pessoa a solucionar um problema de alcoolismo.

A maioria das reuniões abertas segue um roteiro mais ou menos fixo, ainda que em alguns lugares se tenha verificado diversas variações. A Conferência recomenda a leitura do Preâmbulo de A.A. em todas as reuniões. O Coordenador descreve o programa de A.A. em forma resumida para os novatos que estão na sala e em seguida apresenta um ou mais oradores, que contam suas próprias histórias de bebedores e como estão se recuperando em A.A. e podem, às vezes, dar suas interpretações pessoais de A.A.

Na metade da reunião, normalmente há um período para dar os avisos locais de A.A. e o Tesoureiro recolhe as contribuições espontâneas para pagar o aluguel da sala de reuniões, os gastos com literatura e outros custos. Geralmente, depois da reunião, os presentes se reúnem informalmente para tomar cafezinho ou refrescos e "papear".

Nas reuniões abertas, sempre se lembra aos convidados de que as opiniões e interpretações que escutarem ali são unicamente as do orador que as apresenta. Todos os membros têm total liberdade de interpretar o programa de recuperação segundo seu próprio parecer, mas ninguém pode falar pelo Grupo local ou por A.A. em sua totalidade.

REUNIÕES FECHADAS:

Essas reuniões são somente para os alcoólicos. Nelas os membros encontram uma oportunidade de compartilhar, uns com os outros, tudo o que se refere aos problemas relacionados com formas e costumes de beber, assim como seus esforços para alcançar uma sobriedade estável. Também é possível discutir diversos elementos do programa de recuperação e estudar a literatura de A.A. Da mesma forma que as abertas, há espaço para ler a correspondência e os avisos e recolher as contribuições voluntárias para cobrir as despesas do Grupo. O cafezinho ou os refrescos são componentes indispensáveis durante os bate-papos informais, no meio ou no final das reuniões.

REUNIÕES DE AA ONLINE

Tal como as reuniões normais de AA, as reuniões de AA online são autônomas. Por não ter uma localização geográfica, as reuniões de AA online não fazem parte da estrutura de serviço (EUA/Canadá e Brasil).

Incentivam-se os membros de AA a participarem no serviço nos lugares onde residem e a participar nas decisões da consciência de grupo local. Algumas reuniões de AA online levam a cabo reuniões sobre o serviço e recolhem contribuições da Sétima Tradição.
Coloca-se os links abaixo para facilitar e atender a sua necessidade de informação. O link não constitue indicação, endosso, aprovação ou algum tipo de registro.
Online Intergroup of Alcoholics Anonymous

FLUXO DE DADOS PELA INTERNET E TELECONFERÊNCIAS

Entre os membros de AA há grande variedade de experiência no uso de computadores, correio eletrônico e Internet. É importante ter presente que nem todos os AA têm computador e nem todos os que têm acesso a esta tecnologias sentem à vontade para utilizá-la. Alguns acabaram de abrir as suas contas de e-mail e outros já estão falando do “fluxo de vídeo por Internet” e da “tecnologia de teleconferências” e “teleconferência pela Web”.
Visto que estes assuntos são relativamente novos, o GSO está pedindo e juntando experiência partilhada. Uma Área disse que estão explorando a idéia de utilizar o fluxo de vídeos por Internet e/ou a tecnologia de teleconferências/Web para que os seus RSG possam participar nas Assembléias de Área sem ter que viajar para o local da Assembléia. Entre as possibilidades que estão considerando, figuram: conferências de vídeo e áudio; conferências unicamente de áudio; fluxo de vídeo completo de sentido único e áudio com partilha de texto de retorno.
Oferecem-se muitas opções tecnológicas e, é de supor, aparecerão mais a cada dia. Não obstante, como se disse anteriormente, é importante não deixar que a velocidade do avanço tecnológico pressione o Comitê a tomar uma decisão precipitada que não encarne os princípios de AA. Claro que todas as decisões devem considerar possíveis situações que comprometam o anonimato dos membros de AA.

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License